A Origem da Palavra Tarot


A origem da palavra "TAROT" tem causado muitas controvérsias e alimentado várias suposições e antagonismos, tanto em escolas de pensamento quanto em sociedades iniciáticas no decorrer dos séculos.


De início as cartas foram designadas pelo nome de "NAIBS", que originou "naipes", cuja origem é atribuída à "NABAB", que em sânscrito significa "vice-rei ou governador". "NAIBI" em árabe significa "governante" e em hebraico significa " feitiçaria, predição, bruxaria, leitura de sorte". Há ainda " NABI", que em árabe quer dizer "profeta".


Na Itália seu nome apareceu sob a legenda de " TAROCCHIO, TAROCCO ou TAROCCHINO", nome esse atribuído por alguns estudiosos ao afluente do rio Pó chamado "TARO", pois há uma teoria que o tarot originou-se ao norte da Itália, perto do rio TARO.


Alguns pesquisadores citam a palavra francesa "TAROTTE" que faz referência a um tipo de desenho no verso das cartas. Outros alegam que ela tenha surgido da palavra "TARU", do antigo hindu, que significa "baralho de cartas", mas isso não foi comprovado.


Para Eliphas Levi a palavra tarot deriva-se do  vocábulo "ROTA", que em latim significa "ROSA" ou "CÍRCULO".


O escritor francês Antoine Court de Gebelin considerou a palavra tarot como derivada do egípcio "TAROSH", sendo uma combinação de "TAR" (caminho, estrada, rota) e "ROS, RO, RHO ou ROG" (rei ou real). Assim, seu significado seria "caminho real" ou "estrada real".


Também se acredita que a palavra tarot possa vir do árabe "TURUQ", que significa "quatro caminhos", ou ainda do árabe "TARACH", que significa "rejeito".


Segundo a etimologia francesa, tarot é um empréstimo do italiano "TAROCCHO", derivado de "TARA" (dedução, ação de deduzir).


Há quem acredite que seja derivado do hebraico "TROA", que significa " a porta", ou mesmo de "TORÁ", que quer dizer " a lei" em hebraico.


O tarot tem 78 cartas que são chamadas "ARCANOS", que vem do latim "ARCANUM", que significa "mistérios, segredos a serem desvendados". Essa palavra foi incorporada pelos ocultistas do século XIX, que até então os chamavam de "TRUNFOS". Há também a variação em latim "ARCANUS", que quer dizer "em segredo, em particular".


Em grego temos a palavra "ARCHÉ", que significa "começo, princípio".