O Tarot e os Arcanos Menores


O baralho clássico é composto por 78 cartas divididas em dois grupos: arcanos maiores e menores.


Os Arcanos Menores são em número de 56 e são divididos em quatro naipes: Paus, Copas, Espadas e Ouros, cada um deles contendo as cartas normais de um baralho comum mais as figuras da corte: Rei, Rainha, Cavaleiro e Valete (ou Escravo ou Pajem).


Os Arcanos Menores simbolizam aspectos secundários oferecendo maior precisão à leitura. Alguns pesquisadores afirmam que eles não faziam parte do tarot original e foram criados posteriormente para complementarem os Arcanos Maiores. Os Arcanos Menores tratam de assuntos do cotidiano, dos aspectos práticos de uma questão. São muito importantes para complementar o contexto que os Arcanos Maiores apresentam, elucidando os pormenores em relação aos Maiores e dando mais detalhes sobre fatos, acontecimentos e particularidades do dia-a-dia em si. Os Menores se referem a pormenores, e podem dar dicas valiosas sobre pessoas específicas através das cartas da corte, que mostram, inclusive, aspectos comportamentais das pessoas envolvidas e até mesmo algumas características físicas, enriquecendo a leitura.