Como Contatar seu Anjo Guardião


Algumas “condições” são necessárias para que os anjos possam atender seus pedidos. Sua postura mental e emocional são essenciais para que possa estabelecer uma conexão com a energia de seu anjo e ser atendido. Vejamos a seguir:


1 – Fé


O poder da fé move montanhas e sem ela não conseguimos nada. É preciso ser objetivo em seu pedido ou súplica, livrando-se antes das dúvidas ou indecisões, pois como a anjo pode ajudá-lo se você mesmo não souber o que quer ?


A firmeza, confiança e a fé nas forças celestiais que está invocando já é meio caminho andado para que seja atendido em seu pedido. Mas uma fé sincera, firme e confiante, de dentro do coração. Não adianta falar e rezar por horas sem acreditar realmente que o que pede vai se realizar. É preciso sentir no fundo do ser, com sinceridade. Afinal, os anjos sabem o que sentimos por dentro.


Portanto, se estiver inseguro, oscilante, pessimista ou pior ainda, descrente, dificilmente será atendido em algum pedido que fizer.



2 – Pensamento Positivo


Ao conversar com os anjos ou fazer qualquer pedido, fique atento às suas palavras e pensamentos, pois estará colocando nesse instante toda sua energia e intenção em ação, o que será muito importante para a realização do pedido.


Use sempre o tempo presente e no afirmativo, com fé e confiança, dizendo no final da prece: “ abençoado é o meu desejo, pois ele já se torna realidade”. Quanto mais positivo você for, mais iluminada ficará sua aura, facilitando a aproximação dos anjos para perto de você. Quando nos tornamos otimistas o trabalho de proteção dos anjos fica mais fácil, pois nossa aura se expande e através de nossa mente e dos sonhos os anjos podem mandar intuições sobre a direção a tomar.


Lembre-se que as palavras são mantras que tem um poder fortíssimo de expansão e realização, tanto para o bem quanto para o mal. Um pensamento bom e amoroso atrai bondade e amor para sua vida. Um pensamento negativo, de raiva, ódio ou desespero, atrai confusão, vingança e traição dos outros para conosco. Por isso cuidado com as palavras, pois quando falamos estamos dando forças a um pensamento que pode se tornar real. Evite palavras negativas como “não”, “nunca”, “jamais”, miséria”, “mal”, etc. Diga frases positivas, afirmando sua confiança em Deus e a solução de seu problema, com otimismo. Isso atrai boas vibrações, ajudando o trabalho dos anjos.


Visualize coisas boas acontecendo em sua vida enquanto reza, e seu pedido já sendo realizado. Elimine as idéias e pensamentos negativos, pois você é o que você pensa. As idéias ou sentimentos negativos, inclusive atitudes, como brigas, discussões, raiva, pessimismo, depressão ou mau humor afastam os anjos, pois nossa aura escurece, nossa vibração fica muito densa e baixa e eles não podem se aproximar nem nos ajudar devido ao peso das energias. Já o alto astral, a alegria, o riso, a descontração, a generosidade e a bondade criam uma atmosfera perfeita energeticamente para a atuação deles, atraindo para perto de nós e facilitando seu contato de diversas formas. Dessa forma, nossa aura fica clara, limpa, o que ajuda na conexão energética com os anjos.


Portanto, sempre antes de rezar para seu anjo, limpe sua mente e seu coração de mágoas, raiva, dor, tristeza ou ressentimentos, concentrando-se em coisas boas e que o deixem alegre . Deixe a paz invadir seu coração, tenha pensamentos de esperança, de sorte, alimente seus sonhos e visualize coisas positivas acontecendo em sua vida. Cultive o bom humor e a alegria, pois os anjos se sintonizam com isso.


Evite sempre a palavra “não” ao formular seu pedido. Por exemplo: “não deixe que aconteça algo ruim comigo”. O correto é “ proteja-me e traga-me coisas boas, o que for melhor para mim”. Outro exemplo: “não deixe que meu amado me abandone nunca”. O certo é:” ajude para que haja reconciliação entre nós e que nosso amor se fortaleça”. Ao usarmos palavras negativas atraímos energias de derrota, de frustração e fracasso , que atraem as baixas vibrações que “cortam” instantaneamente a realização dos pedidos. Por isso devemos nos expressar de forma positiva, pois as palavras tem força e energia, e falar de forma afirmativa e no tempo presente. Falar de passado ou futuro com os anjos pode confundi-los, pois no plano astral em que habitam o tempo não existe.



3 – Respeito


Seu anjo guardião é como se fosse seu melhor amigo, aquele que o ouve e o protege em seus caminhos. Por isso, ao conversar com ele ou rezar fale com carinho, humildade e espontaneidade. Não pressione nem cobre resultados, principalmente em relação a tempo ( por exemplo, quero ....até semana que vem). Rezar é harmonizar-se com o plano astral, com as energias divinas. Os anjos são nossos amigos, não empregados. Portanto, mantenha sempre uma atitude de humildade e respeito, pois a doçura, a gentileza e a ternura expandem nossa aura aproximando nosso anjo de nós.


Lembre-se sempre: nossos pedidos são atendidos de acordo com nosso merecimento, e apenas no momento certo. Caso não alcance uma graça, lembre-se que Deus sempre sabe o que faz e nem sempre os anjos tem permissão para nos dar aquilo que pedimos, pois eles cumprem as ordens de Deus. Tudo depende do merecimento de cada um, e principalmente de estarmos fazendo o bem para todos que estão envolvidos naquela questão.


Quanto ao tempo, tudo só acontece na hora certa, nunca antes nem depois. Muitas vezes ainda não estamos preparados para receber determinada graça ou para lidar com as conseqüências de um pedido que fazemos. Deus sabe quando estamos prontos e nos atende no momento correto.


A humildade perante Deus e a paciência o levarão a vencer qualquer obstáculo.



4 – Serenidade


A paz interior e o equilíbrio emocional são muito importantes para que tenhamos clareza de pensamento e sabedoria para formular nossos pedidos e preces, usando as palavras de forma correta e vibrando positivamente. Portanto, é importante estar com a mente e o corpo relaxados para estabelecer conexão com os anjos.


Procure um lugar calmo e silencioso para rezar, num horário em que não será interrompido. Caso esteja se sentindo tenso, ansioso, triste ou nervoso, tome um banho relaxante, medite alguns minutos antes de iniciar sua prece, eliminando pensamentos negativos e preocupações do dia-a-dia de sua mente. Quando se sentir mais calmo e tranqüilo, aí sim inicie sua prece.


Os anjos se aproximam de nós pela vibração energética que emitimos e pela cor de nossas auras. Uma pessoa ansiosa, nervosa ou em depressão fica com a aura escura e a energia pesada, dificultando a aproximação dos anjos, por mais que eles desejem ajudar. Já a paz interior e o equilíbrio emocional emitem boas vibrações e deixam nossa aura clara, atraindo nossos protetores e facilitando a comunicação conosco.



5 – Responsabilidade


Nunca peça nada a um anjo que possa vir a prejudicar alguém, seja direta ou indiretamente, pois isso pode se voltar contra você. Pense muito bem antes de fazer qualquer pedido que seja, sendo o mais imparcial e justo possível, usando sempre no final a frase: “se for para o bem de todos os envolvidos nessa questão, que ....se realize”.


A lei do retorno ou da ação e reação é a lei mais justa e implacável que existe no Universo. Ninguém escapa dela, cedo ou tarde. Se pensar de forma egoísta e mesquinha, sem levar em consideração o bem estar e os sentimentos dos outros, sem se importar com as conseqüências de seu pedido, nenhum ser de luz terá permissão para ajudá-lo, pois você estará se mostrando desmerecedor daquela graça.


Portanto é preciso ter consideração e respeito pelo próximo, além de desprendimento material e emocional para ser ouvido pelos anjos. Ou seja, fazer um pedido de forma oportunista pensando em ganhar algo com isso, com certeza não será atendido. Analise bem se aquilo que quer não fará outras pessoas sofrerem, pois ninguém pode ser feliz às custas da infelicidade do outro.



6 – Agradecimento


Tenha sempre uma atitude de reconhecimento: invoque seu anjo pela manhã, ao levantar ou antes de sair de casa pedindo proteção e coisas boas para o dia que começa e faça uma agradecimento à noite, antes de dormir, por tudo que lhe aconteceu no dia, seja bom ou ruim, pois os problemas e obstáculos servem para nosso crescimento e aprendizado.


Ao terminar uma oração ou pedido sempre agradeça ao anjo como se a graça já tivesse sido conseguida. É uma forma de “materializar” a concretização de seu pedido e principalmente de reafirmar com segurança sua fé e confiança na ajuda do anjo, atraindo a realização de seu desejo.